quinta-feira, 30 de junho de 2016

De repente- (poema)

de onde ele vem ?
não me perguntem
nem eu bem o sei.

surge de um lampejo
         de um sonho
         ou devaneio
 -surge do nada

de repente ele vem.

sorrateiro
se instala
escorre da ideia
para o papel

de repente ele vem !

sorrateiro
-o poema-
de repente ele vem.

27/6/2016


   

Nenhum comentário:

Postar um comentário