sexta-feira, 11 de março de 2016

...na madrugada

                                                                   

(foto sonia a.)

...na madrugada




transfixando o silêncio da madrugada

dispara cortante
barulhento
e certeiro
o trem

apita solitário
sacoleja
corre em desabalada carreira

foge
passa
se vai.

E atrás de si cicatriza-se o silêncio.


10/03/2016


Nenhum comentário:

Postar um comentário