domingo, 31 de maio de 2015

Serena

       Fora um
sábado azul
sem ventos

      Amanhecera branco
pura neblina
ar frio
gostoso

   
     Tudo suspenso:
o tempo
os ruídos
-nem um suspiro

    O silêncio imperava
soberano

     Ao fechar meus olhos
 pude dar boas vindas
à verdadeira PAZ.

maio/2015



Nenhum comentário:

Postar um comentário